HAC volta a contar com bomba infusora de contraste após três anos

A Prefeitura, por meio do Serviço Social Autônomo Hospital Alcides Carneiro (Sehac) adquiriu uma bomba infusora de contraste para o Hospital Alcides Carneiro após um período de três anos sem o equipamento. A máquina é responsável pela aplicação de uma substância que permite a visualização e detecção de alterações em veias e artérias (como aneurismas, obstruções ou estreitamento dos vasos sanguíneos), no caso das angiotomografias, e de detalhes em órgãos com menor densidade (como os abdominais e torácicos), nos casos das tomografias com contraste.

Antes da chegada do equipamento, as angiotomografias – que não podem ter o contraste ministrado manualmente – precisavam ser feitas no Hospital Santa Teresa (HST) após um longo trâmite burocrático, provocando demora em sua realização e aumentando o tempo de internação. Nos casos das tomografias com contrastes, os pacientes do HAC e das UPAs precisavam receber o composto manualmente, o que podia ocasionar perda de material, além de falhas na execução do exame.

O Prefeito Rubens Bomtempo comemorou a aquisição. “Este equipamento chega para reduzir o tempo de internação e trazer laudos mais detalhados, que possibilitam realizar diagnósticos ainda mais precisos para os pacientes da cidade”, declarou.

O secretário de Saúde, Marcus Curvelo, ressaltou o planejamento que vem sendo executado pela pasta. “Estamos trabalhando de forma integrada com as unidades de saúde para identificar e avaliar de forma rápida pontos que podem ser alterados ou corrigidos para atender a população de forma célere e eficaz”, afirmou.

O diretor-presidente do Sehac, Ricardo Patuléa, destacou a melhoria. “Estes exames são importantíssimos e beneficiam especialmente pacientes oncológicos, vasculares, cirúrgicos, urológicos, e que sofrem com processos inflamatórios e infecciosos, tanto do HAC quanto das Upas Centro, Cascatinha e Itaipava. São muitas pessoas que, nestes três anos, poderiam ter o tempo de internação reduzido e recebido diagnósticos com maior exatidão. Agora, com o equipamento correto, podemos oferecer o atendimento ideal na rede pública do município”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *