Nota oficial do Sehac sobre o distrato com a PCT 165

O Sehac informa que foi efetuada, nesta segunda-feira (11/04/2022), a rescisão de contrato com a empresa PCT 165, firmado na gestão anterior, em outubro de 2019, no valor aproximado de R$348 mil por mês. De acordo com estudos realizados pela atual administração, o contrato celebrado não possibilita a prestação de um serviço eficiente. Por este motivo, como já divulgamos, o Sehac assumiu os serviços de higienização das UPAs e do Hospital Alcides Carneiro.

Informa ainda o Sehac que está rigorosamente em dia com a empresa então rescindida PCT e que as notas fiscais emitidas a partir do mês de Março estão sofrendo auditoria, visto que esta empresa, até o momento, CAUSOU UM PREJUÍZO AO SEHAC DA ORDEM DE MAIS DE 350 MIL REAIS – entre materiais não fornecidos, não cumprimento das escalas dos funcionários e ações trabalhistas movidas até a presente data, as quais o Sehac está respondendo subsidiariamente.

Isto posto e esclarecido, O SEHAC INFORMA QUE NÃO POSSUI QUAISQUER RELAÇÕES COM A QUITAÇÃO DAS VERBAS TRABALHISTAS COM OS FUNCIONÁRIOS DA PCT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *