Pela primeira vez, HAC realiza cirurgia com autotransfusão

O Hospital Alcides Carneiro realizou, nesta semana, pela primeira vez, uma cirurgia com uma técnica de autotransfusão sanguínea. O processo, conhecido como recuperação intraoperatória de sangue, coleta, filtra, lava e recoloca o sangue no mesmo paciente e atende a população com restrições culturais nas quais as hemotransfusões não são permitidas.

“O Hospital Alcides Carneiro, como uma grande instituição da rede pública de saúde, respeita a diversidade cultural e entende o seu papel diante dos debates éticos da atualidade. Não medimos esforços para oferecer a assistência adequada a cada um dos pacientes, considerando, além dos aspectos clínicos, seus valores, princípios e convicções”, declarou o Prefeito Rubens Bomtempo.

O paciente se trata de uma mulher, que aguardava a realização desta cirurgia há dois anos, mas como a intervenção poderia exigir uma hemotransfusão, vinha sendo adiada. Diante deste caso, o Hospital Alcides Carneiro então encontrou a solução com o aluguel de um equipamento conhecido como Cell Saver, que recupera e reutiliza o sangue que normalmente “se perde” durante as cirurgias, permitindo a realização da operação sem maiores conflitos com a restrição da paciente.

“É preciso estarmos sempre atentos às questões sensíveis que envolvem o bem-estar dos pacientes e termos um olhar humano para buscar as melhores soluções em cada caso”, afirmou o secretário de Saúde, Marcus Curvelo.

Comandada pela médica Eliana Clemente, a cirurgia foi um sucesso e a paciente já se encontra na fase de recuperação pós-operatória.

“Entendemos a nossa responsabilidade e trabalhamos incansavelmente para oferecer o melhor serviço possível para todos aquele que, muitas vezes, tem apenas a rede pública de saúde para buscar assistência”, destacou o diretor-Presidente do Sehac, Ricardo Patuléa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *