Prefeito, secretário e gestores formam força-tarefa para discutir Saúde em Petrópolis

Nesta quinta-feira (07/04), dia Mundial de Saúde, foi realizada a primeira reunião do Grupo de Organização de Trabalho e Planejamento Assistencial da cidade de Petrópolis. Formada pelo prefeito Rubens Bomtempo, pelo Secretário de Saúde, Marcos Curvelo, pelo Diretor-Presidente do Sehac, Ricardo Patuléa, além dos diretores e coordenadores técnicos e administrativos do Hospital Alcides Carneiro e das Upas Centro, Cascatinha e Itaipava, a comissão apresentou os principais problemas e discutiram soluções de forma integrada para o atendimento dos petropolitanos.

“Nosso objetivo é fortalecer o sistema público de saúde e garantir que o cidadão tenha dignidade. Nós chegamos há pouco tempo na Prefeitura, mas estamos somando forças e buscando soluções e melhorias na área da saúde. Nós vamos cuidar do hospital, das unidades de saúde e principalmente das pessoas”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

A reunião foi marcada pelo fortalecimento entre os membros e uma rede sólida em busca de soluções em caráter de cooperação.“Nesse primeiro momento, debatemos ações voltadas para otimização de diversos atendimentos, como os ambulatoriais e de emergência, além de avaliações conjuntas para agilizar as demandas de cirurgias, marcações de exames, pareceres e consultas com especialistas. Enfim, buscamos melhorar cada vez mais o sistema de saúde do nosso município”, explica o secretário de Saúde Marcus Curvelo.

O Grupo de Organização de Trabalho e Planejamento Assistencial se reunirá quinzenalmente para avaliar medidas e buscar ações para a melhoria de todo o fluxo da rede municipal da Saúde em Petrópolis.”Este grupo de trabalho é de vital importância para enfrentarmos os desafios que nossa rede municipal de saúde tem pela frente. Herdamos muitos problemas em muitos níveis e precisamos somar forças para atender a poluição de Petrópolis da forma ideal, com qualidade, rapidez, e pelo menor custo possível ao município”, declarou o Diretor-Presidente do HAC, Ricardo Patuléa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *