Prefeitura anuncia compra de novas ambulâncias para o Hospital Alcides Carneiro e UPAs

A Prefeitura anunciou nesta segunda-feira (13) a aquisição de cinco novas ambulâncias tipo D (UTI Móvel) para o Hospital Alcides Carneiro e para as UPAs Centro, Cascatinha e Itaipava. O edital da licitação será publicado nesta semana pelo Serviço Social Autônomo Hospital Alcides Carneiro (Sehac) e incluirá, além dos veículos, o fornecimento de equipamentos avançados, tais como desfibriladores, respiradores pulmonares e monitores multiparamétricos.

O prefeito Rubens Bomtempo destacou a importância da aquisição para a cidade. “Temos um compromisso com a população de oferecer a melhor assistência médica possível. Com estas novas ambulâncias, poderemos ampliar nossa capacidade de atendimento e garantir uma resposta rápida e eficiente às necessidades dos pacientes em todo o município”.

O HAC conta apenas com uma ambulância, doada em 2019 e que permaneceu dois anos sem seguro e sem emplacamento, circulando de forma irregular. Já nas UPAs, o transporte dos pacientes é realizado por meio de uma empresa terceirizada a um custo de cerca de 150 mil reais por mês. Com a compra dos veículos, além do melhor atendimento à demanda da cidade, também haverá uma redução de custos de aproximadamente 80 mil reais mensais.

“Estas novas UTIs móveis são fundamentais para assegurar a eficácia nos atendimentos de emergência, permitindo melhorar o fluxo nas transferências dos pacientes e tornar mais ágil o transporte para diversos exames e procedimentos”, afirmou o secretário de Saúde, Marcus Curvelo.

O diretor-presidente do Sehac, Ricardo Patuléa, comemorou a aquisição. “Agora, com as nossas próprias ambulâncias, além de termos um melhor controle sobre a frota, também vamos economizar recursos, visto que o retorno sobre o investimento realizado na compra se dá em cerca de dois anos. A substituição dos contratos de aluguéis por equipamentos próprios é uma política que temos adotado com muito sucesso, nos permitindo destinar mais recursos em outras frentes no HAC e nas UPAs”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *